Elenco de luxo brilhou em Valongo

Press Realese by Gabinete imprensa on Março 13, 2016

Campeonato Nacional de Trial 4x4 2016

Elenco de luxo brilhou em Valongo
É o quarto ano consecutivo que Valongo recebe uma etapa do Campeonato Nacional de Trial4x4, mas nem por isso deixou de surpreender. Numa pista mais extensa do que em 2015 e 4obstáculos novos em relação ao ano passado, o Clube Trilhos do Norte trabalhou muito paracontinuar a desafiar as equipas.
Com 26 equipas em pista, dividida por 5 categorias, o dia só podia ser de emoção eadrenalina. Pedro Alves (MonsTTer/Cistus), é mais conhecido pelo seu trabalho como humorista, mastem vindo a dar cartas no mundo do trial4x4. Em Valongo foi o grande vencedor da Classe Extremecom 18 voltas em 2 horas 51 minutos e 40 segundos.
Na categoria Proto a promessa é que a competitividade seja ainda maior do que na épocapassada. Em Valongo levou a melhor António Henriques (Mister Reboques), que se estreou na épocapassada na competição, mas que mostrou em Valongo que 2016 pode muito bem ser o seu ano.


E o ano de 2016 parece ser o de afirmação para a classe Super Proto. Depois de ter sidopouco participada na época passada, o arranque desta nova temporada deixou elevadasexpectativas para o resto do campeonato. Com máquinas muito potentes e pilotos à altura, EmanuelCosta (Stand Emanuel Costa) foi o grande vencedor. O piloto de Penafiel fez o melhor resultado detodas as classes, com 22 voltas à pista.
A classe de Promoção continua a dar cartas em 2016 e afirma-se cada vez mais como umarampa de lançamento de novas equipas. Depois de duas horas de resistência, Rui Policarpo (TeamXS5) foi aquele que mais voltas à pista conseguiu completar, 13 no total.
A grande novidade de 2016 também passou com distinção neste arranque. A Classe UTV/Buggy atraiu muitos curiosos e as equipas inscritas corresponderam. No final levou a melhor JoãoLopes (JL Racing/Polaris/GRO/RPA & Filhos Lda), que se estreia no trial 4x4, mas que conta já nocurrículo com cinco títulos absolutos conquistados no Todo-o-Terreno - três nos Quad e dois nos UTV/Buggy.


Recordamos que em 2016 as Classes Extreme, Proto e Super Proto discutem o títuloAbsoluto que coroa, digamos assim, o campeão dos campeões. A pontuação a atribuir para oCampeonato Nacional de Trial 4x4 2016 Absoluto é determinada pela classificação geral final decada evento, ou seja, no final e cada prova é publicada uma classificação geral, determinada pelonúmero de voltas. Quem der o maior número de voltas em cada etapa é quem mais pontua para aClasse Absoluto. Assim, em Valongo, quem conseguiu mais pontos para a classe absoluto foiEmanuel Costa, da classe Super Proto, com 22 voltas à pista.

 

Classe Extreme
1.º MonsTTer/Cistus - 18 voltas
2.º NordHigiene Team - 12 voltas
3.º Pastelaria Campos/Mami danceteria - 8 voltas

Classe Proto
1.º Mister Reboques - 21 voltas
2.º Team JMF - 19 voltas
3.º Team Rj4x4 - 12 voltas

Classe Super Proto
1.º Stand Emanuel Costa - 22 voltas
2.º peçaslandrover.com - 11 voltas
3.º NPower 78 - 10 voltas

Classe Promoção
1.º Team XS5 - 13 voltas
2.º Jot4x/Trial Cars - 12 voltas
3.º Jovi Team - 7 voltas

Classe UTV/buggy
1.º JL Racing/Polaris/GRO/Rpa & Filhos Lda - 15 voltas
2.º Team Revi-Clap - 9 voltas
3.º OffroadProjects/EA Smile - 3 voltas


Classe Absoluto
1.º Stand Emanuel Costa - 22 voltas
2.º Mister Reboques - 21 voltas
3.º Team JMF - 19 voltas

 

 

 

Gabinete de imprensa:
press@cntrial4x4.com / 919 435 809