Gandra palco do maior espetáculo

Press Realese by Gabinete imprensa on Outubro 16, 2017

Campeonato Nacional Trial 4x4 2017

Gandra palco do maior espetáculo

Terminou com chave de ouro o Campeonato Nacional de Trial 4x4 2017. Gandra acolheu pelo segundo ano consecutivo a final e em 2017 as 36 equipas em pista tiveram uma verdadeira multidão a assistir à derradeira luta. O Clube TT Paredes Rota dos Móveis modificou a pista em relação ao ano anterior, mas manteve a dificuldade e a preocupação em proporcionar ao público um grande espetáculo.



Rui Querido ganha tudo
            Foi um ano desportivamente perfeito para Rui Querido e Ivo Mendes (Euro4x4parts/Veicomer). Ganharam tudo o que havia para ganhar em termos de equipa, navegador e piloto na classe Absoluto e  também na classe Proto. Aliás, Rui Querido é tetracampeão da classe Proto, feito nunca antes conseguido do CNTrial 4x4. Ainda na Absoluto, Cláudio Ferreira fez 85 pontos, mais 14 pontos do que o terceiro classificado Álvaro Alves (Dream Car), e é vice-campeão.
Em Gandra, contudo, foi Sérgio Castro (IAC Off road) quem venceu em termos absolutos e também na Super Proto. A equipa de Gondomar conquistou assim o primeiro lugar, em termos absolutos, numa corrida disputada bem perto de casa.
Já na classe Proto Flávio Gomes (TáBô Team 4x4) venceu, depois de várias tentativas nas etapas anteriores. Na última prova com o Jeep Wrangler, correu sem nenhum problema mecânico. Com esta vitória Flávio Gomes consegue também ser vice-campeão da classe Proto.


António Calçada é o campeão Extreme
Gandra é cidade talismã para António Calçada. Em 2016 o piloto brigantino venceu esta etapa e nesta época foi aqui que se sagrou campeão nacional da classe Extreme. Chegou a esta última prova em desvantagem, a 2 pontos do líder, mas entrou nas 3 horas com a esperança de que era possível chegar ao tão desejado título. Completou 13 voltas à pista, em 2h55:32.731, mais 2 voltas do que o segundo classificado.
António Silva (Canelas Pneus) começou bem o dia ao conseguir 1 ponto no prólogo depois de fazer o melhor tempo. Termina a época 2017 na vice-liderança da classe Extreme, depois de um terceiro lugar nesta última jornada. Pedro Alves (MonsTTer/Cistus) até chegou à derradeira etapa com vantagem, mas os muitos problemas com o Land Rover não lhe permitiram sequer completar uma volta à pista.

 

            Cláudio Ferreira campeão em ano de estreia
Quando começou o campeonato, em março em Valongo, Claúdio Ferreira (Auto Higino) estava longe de imaginar que em outubro se sagraria campeão nacional da classe Super Proto. A correr pela primeira vez no CNTrial 4x4 foi ganhando terreno e conquistando o seu espaço, acabando por confirmar o título na penúltima prova, em Espite. Alinhou na etapa de Gandra na luta pela vice-liderança da absoluto e conseguiu. Em termos da classe Super Proto, terminou a época com 118 pontos, mais 31 pontos do que Cláudio Amarilio (Bar Amarílio), que é vice-campeão.

João Fernandes é bicampeão
Com seis vitórias em sete provas, João Fernandes (Jovi Team) repetiu o feito de 2016 e sagrou-se novamente campeão da classe Promoção. Nesta última etapa nunca baixou os braços e lutou com garra pela vitória. No duelo habitual, com João Vicente (Santerchips/AM turbocharger/Jot4x), venceu ao completar 16 voltas à pista, mais 2 do que o piloto de Évora de Alcobaça.
Depois de cumpridas as 7 provas do Campeonato, João Fernandes é campeão com 140 pontos, João Vicente segundo classificado com 122 pontos e Fábio Ferreira (Irmãos Ferreira) encerra o pódio com 94 pontos.

            Daniel Duque é campeão na UTV/Buggy
            Não começou a época da melhor forma, mas depois da vitória em Mação, Daniel Duque (Duque TT) entrou no percurso para a vitória. Chegou a Gandra a precisar de ficar à frente de Domingos Diniz (Team Revi-clap 1) e conseguiu mesmo vencer a etapa. Completou 23 voltas à pista, mais 1 do que Domingos Diniz. Daniel Duque e Domingos Diniz são, respetivamente, campeão e vice-campeão da classe UTV/buggy.

José Costa relembrado em Troféu
À semelhança do que aconteceu nos últimos dois anos, José Costa não é esquecido e a organização do CNTrial 4x4 organiza um troféu extra-campeonato em homenagem ao antigo praticante e sócio do clube TT Paredes Rota dos Móveis. Em pista viaturas de série, com ou sem modificações, e com pneus até 37 polegadas. António Martins (Martins’s Team) venceu depois de completar 11 voltas à pista, mais 2 do que o segundo classificado Carlos Teixeira (RC Automóveis & Tasco do Stand).

Classificação CNTrial 4x4 Absoluto
1.º Rui Querido – Toyota bj 40 –  103 pontos
2.º Cláudio Ferreira – Proto Mercedes – 85 pontos
3.º Álvaro Alves – Toyota bj70 – 71 pontos

Classificação CNTrial 4x4 Extreme
1.º  António Calçada – Suzuki Samurai R – 120 pontos
2.º  António Silva - Toyota Hilux – 116 pontos
3.º  Pedro Alves – Land Rover – 114 pontos
Classificação CNTrial 4x4 Proto
1.º Rui Querido – Toyota bj 40 – 118 pontos
2.º Flávio Gomes – Jeep Wrangler – 103 pontos
3.º Álvaro Alves – Toyota bj70 – 97 pontos

Classificação CNTrial 4x4  Super Proto
1.º Cláudio Ferreira - – Proto Mercedes – 118 pontos
2.º Cláudio Amarílio – Crawler BMW – 87 pontos

Classificação CNTrial 4x4  Promoção
1.º João Fernandes – Nissan patrol GR – 140 pontos
2.º João Vicente – Toyota bj40 – 122 pontos
3.º Fábio Ferreira – Nissan Patrol GR – 94 pontos

Classificação CNTrial 4x4  UTV/buggy
1.º Daniel Duque – Polaris RZR 800S – 131 pontos
2.º Domingos Diniz – Can-Am Maverick X3 – 124 pontos

 

Ana Margarida Pinto
t. 919 435 809

e. margarida.pinto@redframe.pt